Consumo da ayahuasca por grávidas


escrito por: Tricia em domingo, maio 06, 2007 às 7:33 PM.

O consumo da ayahuasca por mulheres grávidas, em período de amamentação e por crianças é um dos capítulos mais polêmicos do uso da ayahuasca no Brasil. Embora o governo brasileiro tenha reconhecido, na última resolução de 2004, o direito de uso da ayahuasca por menores de idade e grávidas em contexto religioso, o assunto continua despertando controvérsia e permanece muito pouco discutido na literatura.

Na linha do Cefluris/Santo Daime, o Daime é consumido, ao lado de outras ervas medicinais, durante o parto, que é geralmente conduzido por parteiras locais. A criança recebe uma gota simbólica de Daime por ocasião de seu batismo e depois passa a participar de cerimônias especiais voltadas para crianças e, em seguida, para adolescentes, chamadas respectivamente de “trabalho de crianças” e “trabalho de jovens”.

Em linhas gerais, pode-se dizer que o consumo do Daime por menores de idade se dá em conjunção com a criação de uma identidade religiosa, mediada pelo aumento progressivo das doses segundo aspectos individuais (características pessoais do jovem) e determinados valores culturais grupais. Faz-se necessário a realização urgente de pesquisas etnográficas e biomédicas sobre este tema.

Veja abaixo algumas das resoluções oficiais e notícias sobre pesquisas em andamento ou concluídas sobre o consumo da substância por grávidas e menores de idade. Em seguida, leia uma entrevista com a Madrinha Cristina, parteira do Cefluris/Santo Daime, importante liderança daquela comunidade (hoje falecida), onde ela narra a utilização do Daime durante os partos.

A Resolução Nº 4-CONAD, de 4 de novembro de 2004, postula:

"CONSIDERANDO que a participação no uso religioso da ayahuasca, de crianças e mulheres grávidas, deve permanecer como objeto de recomendação aos pais, no adequado exercício do poder familiar (art. 1.634 do Código Civil), e às grávidas, de que serão sempre responsáveis pela medida de tal participação, atendendo, permanentemente, à preservação do desenvolvimento e da estruturação da personalidade do menor e do nascituro;"

O Relatório final do Grupo Multidisciplinar de Trabalho - GMT Ayahuasca - do Conad, apresentado em 23.11.2006, afirma:

"IV.VIII – USO DA AYAHUASCA POR MENORES E GRÁVIDAS.

"GRÁVIDAS
35. Tendo em vista a inexistência de suficientes evidências cientificas e levando em conta a utilização secular da Ayahuasca, que não demonstrou efeitos danosos à saúde, e os termos da Resolução nº 05/04, do CONAD, o uso da Ayahuasca por menores de 18 (dezoito) anos deve permanecer como objeto de deliberação dos pais ou responsáveis, no adequado exercício do poder familiar (art. 1634 do CC); e quanto às grávidas, cabe a elas a responsabilidade pela medida de tal participação, atendendo, permanentemente, a preservação do desenvolvimento e da estruturação da personalidade do menor e do nascituro."

Não ha notícias de pesquisa sobre o uso da ayahuasca por grávidas e em fetos e crianças. No site da União do Vegetal (UDV), há a seguinte informação sobre uma pesquisa em andamento, entitulada "Efeitos da Hoasca na Gestação":

"Com o objetivo de investigar os efeitos do chá Hoasca na gestação e no desenvolvimento de crianças nascidas de mães que o utilizaram durante a gravidez, um grupo de profissionais de saúde da UDV ligados ao Demec realizou na cidade de Fortaleza, Ceará, um estudo piloto retrospectivo. Através de entrevistas e aplicação de questionários e testes, procurou-se estabelecer a ocorrência de patologias obstétricas entre aquelas gestantes, além de avaliar o desenvolvimento neuropsicomotor das crianças nascidas dessas gestações. Os resultados obtidos necessitam de avaliação metodológica crítica e tratamento estatístico adequado para serem publicados". Não foi possível obter maiores informações sobre o andamento desta pesquisa.

FONTE: Blog Alto das Estrelas

Marcadores:

3 Respostas a “Consumo da ayahuasca por grávidas”

  1. # Blogger Instituto Ecovoz

    É uma pena que não tenham pesquisas efetivas acerca dos efeitos da ayahuasca durante a gravidez....
    Ouço ótimos relatos, mas fico pensando se não existem péssimas experiências que não foram objeto de relatos....e isso me deixa um pouco preocupada. Espero que algum pesquisador tenha vontade de investigar esse assunto tão importante.
    Grata
    Melissa  

  2. # Blogger Alana

    Estou grávida e estou participando dos trabalhos com ayahuasca normamente desde o 3° mês de gestação e estou me sentindo ótima, nas consultas e nos exames também tem dado tudo bem. É complicado falar sobre esse assunto com a obstetra já q os médicos não conhecem a ayahuasca. Minha cunhada também tomou dos dois filhos e eles tbm são perfeitos e ela teve ótimas getsações.  

  3. # Blogger °°\\ooO*Apoena Baquara*Ooo//°°

    Eu talvez possa lhes acrescentar um pouco mais de informacoes sobre este topico. Devo lhes dizer que comunguei do cha durante toda a gravidez, durante o trabalho de parto, minha filha bebeu uma gotinha com um mes de idade, e comunguei toda semana sempre. O resultado nao poderia ter sido melhor. Todos se surpreendem com o comportamento da minha filha, pessoas que nao sabiam que eu sou hoasqueira disseram que ela eh equilibrada, sociavel e sorridente. Ela sorri para todos, eh tranquila e amorosa, se desenvolve rapidamente e tem a saude de um leao! Dorme a noite toda, e ate na aula de pos graduacao, 15 horas praticamente diretas, ela nao deu trabalho e foi tranquila. Na sociedade que participo tem gravidas e maes de bebes da mesma maneira, e as criancas nao tiram a concentracao de ninguem, ficamos em redes e as criancas nos carrinhos, e mesmo sem beber, elas nao trazem nenhuma dificuldade. Na verdade, as caracteristicas dos bebes sao as mesmas da minha. La tambem tem hoasqueiros adultos que as maes comungaram gravidas, no parto, e pos parto, e sao pessoas equilibradas e inteligentes. Ayuhasca, hoasca, ou cha, eh saude, e eh recomendado sempre e para todos! Eh a religiao dos ceticos, pq convence a qualquer um! Que permanecam em luz, paz e am
    or!  

Postar um comentário

Links para este post

Criar um link

---------------------------------



QUEM  SOMOS
 



Tricia Cavalcante: Doula na Tradição, formada pela ONG Cais do Parto, mãe de três, e doula pós-parto.Moro em Fortaleza-CE.


.


Assine o Parir é Nascer! (RSS)

Para receber as atualizações do Parir é Nascer, inscreva seu email abaixo:

Delivered by FeedBurner

---------------------------------



O  QUE  VOCÊ  PROCURA?
 















---------------------------------



INDICAÇÃO  DE  LEITURA
 
















---------------------------------



INTERESSANTES
 

---------------------------------



ONDE  NOS  ENCONTRAR
 

















Powered by Blogger




eXTReMe Tracker