Parto Normal X Cesárea


escrito por: Tricia em quarta-feira, janeiro 03, 2007 às 3:39 PM.

Qual é a melhor opção?
31.05.2006 - Maria Yoshie Shiraishi

Colunista

Maria Yoshie Shiraishi
Médica, especializada em pediatria


Em se tratando de gestação sem riscos, a grávida tem a liberdade de escolher o parto que gostaria de fazer, sob orientação de seu médico. A participação do marido ou companheiro reforça a segurança na escolha que, muitas vezes, depende da cultura das gestantes.

Na Europa, há uma maior opção por parto normal e sem anestesia. Já no Brasil, o medo da dor e excesso de cesáreas preocupam as entidades de saúde. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o número de cesarianas deve ficar em torno de 30% do total. Ou seja, partos normais são encorajados e bem-vindos. Em gestações complicadas, pesam-se os riscos maternos e do bebê e, nesse caso, a opinião técnica do médico é importante para decidir tanto o tipo de parto quanto a hora do mesmo.

Existem muitos outros tipos de parto, para os quais se exige o conhecimento dos envolvidos (familiares e profissionais de saúde), bem como preparo para uma eventual situação de emergência. Exemplos de outros tipos incomuns são: “na água” e “de cócoras”.

Características do parto normal: alta hospitalar mais rápida; expansão pulmonar do bebê mais natural e com menos risco de desconforto respiratório; trabalho de parto mais prolongado; anestesias para diminuir a dor próxima ao nascimento são permitidas; a natureza decide o momento do parto; o obstetra pode ajudar com episiotomia (corte ao lado da vagina) para alargar o canal do parto; às vezes é necessário o uso de fórcipe (pás que ajudam o bebê nascer); menor custo para a gestante e para as instituições; não é possível realizar se já tiver duas cesáreas anteriores; é possível ser realizado por parteiras treinadas e enfermeiras obstetrizes.

Características da cesariana: a mãe pode decidir o dia do nascimento; depende totalmente dos exames e do obstetra; faz-se no mesmo dia da internação; as dores típicas do trabalho de parto não são sentidas; corre-se o risco de prematuridade se não fizer pré-natal corretamente; é possível fazer laqueadura, por exemplo, no mesma cirurgia; só é feita por médicos treinados; tempo de internação maior; dores e riscos semelhantes a qualquer cirurgia abdominal; chances de aderências e fibroses; a descida do colostro (primeiro leite) pode demorar; é utilizado em emergências maternas ou do feto.

FONTE: UOL

Marcadores: ,

0 Respostas a “Parto Normal X Cesárea”

Postar um comentário

Links para este post

Criar um link

---------------------------------



QUEM  SOMOS
 



Tricia Cavalcante: Doula na Tradição, formada pela ONG Cais do Parto, mãe de três, e doula pós-parto.Moro em Fortaleza-CE.


.


Assine o Parir é Nascer! (RSS)

Para receber as atualizações do Parir é Nascer, inscreva seu email abaixo:

Delivered by FeedBurner

---------------------------------



O  QUE  VOCÊ  PROCURA?
 















---------------------------------



INDICAÇÃO  DE  LEITURA
 
















---------------------------------



INTERESSANTES
 

---------------------------------



ONDE  NOS  ENCONTRAR
 

















Powered by Blogger




eXTReMe Tracker