Altos níveis de cobre no sangue e Depressão Pós-Parto


escrito por: Tricia em sexta-feira, março 16, 2007 às 1:43 PM.

Trabalho publicado no “Journal of Trace Elements in Medicine and Biology”


A incapacidade para regular adequadamente a produção de cobre pode ser a causa da Depressão Pós-Parto, indica um estudo publicado publicado no “Journal of Trace Elements in Medicine and Biology”.

A pesquisa mostra que as mulheres que sofrem de Depressão Pós-Parto têm um nível de cobre no sangue mais elevado que as restantes que não sofrem deste problema.

William Walsh, do Pfeiffer Treatment Center (PTC), e John Crayton, da Loyola University, em Maywood (EUA), estudaram 14 mil pacientes, entre 1990 e 2002, e seleccionaram 902 casos de mulheres entre os 30 e 60 anos, tendo sido rejeitados os casos de pacientes com historial anterior de Doenças Psiquiátricas.

As mulheres que tinham sido diagnosticadas com o problema (78) foram submetidas a análises ao sangue, com o intuito de serem medidos os seus níveis de cobre e zinco.

Após compararem estes resultados com os de outros grupos de homens e mulheres sem Depressão, e mulheres que sofreram Depressão não motivada por um parto, os cientistas concluíram que as mães com Depressão Pós-Parto tinham níveis de cobre mais elevados.

Os principais sintomas do problema reflectem-se na apatia, dificuldades em dormir, abatimento, pouco interesse pelo recém-nascido e, em casos extremos, impulsos suicidas e homicidas.

Ao longo da gravidez, os níveis de cobre, um nutriente essencial presente em muitos alimentos e na água, são duplicados pelo organismo no sentido de suprirem as necessidades do feto.

Mas, em algumas mulheres, após o nascimento da criança a produção normal não é restabelecida.

Estudos anteriores já tinham demonstrado que, em quantidades elevadas, este mineral pode levar a Depressão, Ansiedade e comportamentos violentos, mas, até agora, a vulnerabilidade pós-parto não tinha sido directamente associada aos níveis do mineral.

O estudo, no entanto, não dissipa todas as dúvidas. Ainda resta saber por que razão acontece - as questões genéticas podem ser uma explicação - nem o que, exactamente, acontece com o excesso de cobre no cérebro.


FONTE: MNI

0 Respostas a “Altos níveis de cobre no sangue e Depressão Pós-Parto”

Postar um comentário

Links para este post

Criar um link

---------------------------------



QUEM  SOMOS
 



Tricia Cavalcante: Doula na Tradição, formada pela ONG Cais do Parto, mãe de três, e doula pós-parto.Moro em Fortaleza-CE.


.


Assine o Parir é Nascer! (RSS)

Para receber as atualizações do Parir é Nascer, inscreva seu email abaixo:

Delivered by FeedBurner

---------------------------------



O  QUE  VOCÊ  PROCURA?
 















---------------------------------



INDICAÇÃO  DE  LEITURA
 
















---------------------------------



INTERESSANTES
 

---------------------------------



ONDE  NOS  ENCONTRAR
 

















Powered by Blogger




eXTReMe Tracker